Lion's Rock e muitos elefantes...

Dumbulla Travel Blog

 › entry 15 of 23 › view all entries
O Grupo no Sigiriya Rock

A alvorada deu-se cedinho para estarmos prontos para sair às 7:00. O Vilabril estava a 63% e foi o primeiro a despachar-se. Ainda se pensou que ficava no hotel, mas surpreendeu toda a gente e "embarcou" ao contrário do Miguel que teve de ficar no hotel para tratar das questões com a Sri Lanka Airlines.

 

Heading to Sigiriya... bem isto foi fantástico!!! (http://en.wikipedia.org/wiki/Sigiriya) leiam a história disto que vale bem a pena.

 

Felizmente chegamos cedo a Sigiriya (património mundial) porque tivemos de subir aquela pedra gigantesca, que só tem 370m de altura, por escadas minúsculas e um caracol lá no meio para vermos os frescos de mulheres nuas, pintados pelo filho do Rei. A vista lá de cima, como deverão calcular, é fantástica e única... Eram cerca de 9:00 e já estava algum calor quando começamos a descer (imaginem se tivesse-mos lá ido à tarde....). Um pormenor bastante interessante e de registo nesta passagem foi o facto de termos visto um dos métodos que se utilizava para defender o palácio lá de cima, eles conseguiam levantar pedras gigantescas junto às escarpas, colocavam umas pedras por baixo e em caso de ataque bastava empurrar a pedra e conseguiam limpar o sarampo a alguns inimigos.

As pinturas em Sigiriya Rock
... o que vimos foi uma dessas pedras gigantes (original) pronta a ser utilizada... mas o mais estranho é que essa pedra está um pouco lá perdida e sem destaque nenhum!

 

Após a descida, e uns 5 minutos de autocarro, fomos fazer o Elephante Ride... Este passeio de elefante, sempre com Sigiriya como pano de fundo, durou cerca de 1 hora e todos tínhamos a hipótese de sairmos do dorço do elefante e sentarmo-nos no pescoço por trás das orelhas... eu claro que experimentei e posso dizer-vos que os pelos dos elefantes são rijos, picam bastante e tive sempre os pés a roçarem nas orelhas do elefante... foi um pouco desconfortável porque o elefante não pára de abanar as orelhas e tava sempre a levar com elas nas pernas e nos pés (ainda por cima de calções.... e ali pele com pele!!!). Lá sentados, o elefante tem sempre a tendência de levantar a tromba até nós na esperança que lhe calhe algo para comer. Na inocência da primeira vez, ali com a tromba a cerca de 30 cm virada para mim e eu achar piada, o elefante mandou um bafo que até fiquei a bater mal com o cheiro.... mas enfim... foi o castigo por não lhe ter dado nada... Eram dois elefantes que levavam quatro pessoas cada um. O Michael no outro, também experimentou andar sentado no pescoço e vira-se com a frase do dia "Agora sei o que é um orgasmo anal!"..... enfim Michael, queres que fale sobre esta frase???? acho melhor não... mas apenas questiono-me "Onde será que o Michael se sentou?"... 

 

No final do passeio, com direito a passagem por um dos lagos, voltou a velha questão da gorjeta.... o guia cria que dessemos 700 cada um mas demos 400 no total... forretas não, vacinados! - é que já lá iam 11 dias de gorjetas....

 

A caminho de Polonnaruwa, paramos para almoçar no Village Hotel, e mais uma vez o Michel e o Dani comeram Rice-n-Curry. O resto do pessoal comeu Fried Rice With Chicken e Chicken Sandwich.

 

Polonnaruwa é um local com bastantes ruinas da antiga cidade e além disso possui um dos maiores lagos artificiais do mundo, Parakrama Samudraya, que serviu e serve ainda para irrigar os campos de cultivo e em tempos servia também para protecção da cidade.

Passeio de elefante
O lago é tão grande que certos locais não se consegue ver a outra margem. A visita foi cerca de duas horas, visitamos as ruinas e as estátuas e seguimos em direccao ao Safari.

A expectativa do safari era grande, uma vez que iamos de jipe (TATA naturalmente) numa reserva natural. O jipe era descapotavel e iamos todos na parte de tras com os cabelos ao vento, mas o Sarath e o condutor iam na cabine fechada. Nos primeiros 5 minutos de viagem a vegetacao que ladeava a estrada era muito intensa e a nossa busca por avistar animais era insessante mas rapidamente todos nos apercebemos que animais era algo que estranhamente nao se avistavam... a viagem continuava e o Jipe seguia a uma velocidade estonteante onde apenas avistavamos arvores, arvores, arvores..... de repente e ao fim de 10 minutos, vimos um pequeno "galito da India". O condutor para o Jipe e o Sarath questiona se alguem tinha visto o galo que era o simbolo do Sri Lanka, eu por acaso vi-o porque ia de pe mas nao sei se alguem mais o viu!... enfim... Prego a fundo e la fomos nos na expectativa de ver alguns animais... De repente a vegetacao serrada passou a um gigantesco descampado com um enorme lago. Muito ao fundo viam-se duas manadas de elefantes que foi a direccao que tomamos. Para la chegar tivemos de atravessar um pequeno ribeiro e nele estava um jacare de metro e meio. O Jipe parou junto a manada de elefantes e ali ficamos cerca de 5 minutos a observar os elefantes a comerem. Continuamos a contornar o lago para junto da outra manada e nesta, o comportamento dos elefantes era o mesmo (comiam...), apenas foi um pouco mais engracada porque haviam elefantes bebes!... la continuamos e avistavam-se passaros, passaros, as duas manadas de elefantes, passaros, passaros e de repente la apareceram dois pavoes. Os pavoes so valeram porque o macho estava a exibir-se a femea e mostrava as fabulosas penas e por isso durante dois minutos assistimos ali a um breve exibicionismo. De regresso a casa partida, paramos numa torre de observacao e dela podemos ver o lago, as manadas dos elefantes ao fundo, vegetacao, passaros e mosquitos. Prego a fundo para a saida e pela vegetacao intensa, ainda tinha uma expectativa de ver mais algum tipo e animais... mas em vao. Chegamos ao ponto de partida e todos desiludidos com o que vimos... O condutor do Jipe nao nos dirigiu uma unica palavra, o Sarath apenas nos falou do galito, estariam eles a espera da dita gorja?.... Saimos do Jipe e com a mesma velocidade da visita entramos no auto-carro e reparamos que o Sarath deu gorja ao condutor... A viagem ja de noite de regresso ao hotel foi com alguma tensao sem o Sarath nos dizer uma unica palavra, portanto "no tip, no talk!"

 

No jantar do hotel, encontrámos o Miguel bem bronzeadinho que representava o belo dia de piscina e esperguiçadeira que passou.


por Hugo Tavares

Join TravBuddy to leave comments, meet new friends and share travel tips!
O Grupo no Sigiriya Rock
O Grupo no Sigiriya Rock
Pinturas em Sigiriya Rock
Pinturas em Sigiriya Rock
As pinturas em Sigiriya Rock
As pinturas em Sigiriya Rock
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Ai vamos nós
Ai vamos nós
O inicio da nossa subida a Sigiriy…
O inicio da nossa subida a Sigiri…
Rocha gigante na subida para Sigir…
Rocha gigante na subida para Sigi…
Cuidado com as abelhas
Cuidado com as abelhas
Rochas gigantes
Rochas gigantes
A subir Sigiriya Rock
A subir Sigiriya Rock
A subir Sigiriya Rock
A subir Sigiriya Rock
Pinturas em Sigiriya Rock
Pinturas em Sigiriya Rock
Pinturas em Sigiriya Rock
Pinturas em Sigiriya Rock
Big Boobs!
Big Boobs!
Pinturas em Sigiriya Rock
Pinturas em Sigiriya Rock
Fogo!!! Nunca mais chegamos!
Fogo!!! Nunca mais chegamos!
A vista aerea de Sigiriya Rock
A vista aerea de Sigiriya Rock
Sigiriya Rock
Sigiriya Rock
A Rute nas patas de Sigiriya Rock
A Rute nas patas de Sigiriya Rock
A vista de Sri Lanka de Sigiriya R…
A vista de Sri Lanka de Sigiriya …
As piscinas reais em Sigiriya Rock
As piscinas reais em Sigiriya Rock
O nosso passeio de elefante
O nosso passeio de elefante
Sigiriya Rock
Sigiriya Rock
Sigiriya Rock
Sigiriya Rock
Sigiriya Rock
Sigiriya Rock
Monge no Sigiriya Rock
Monge no Sigiriya Rock
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Passeio de elefante
Nos jardins de Sigiriya Rock
Nos jardins de Sigiriya Rock
Passeio de elefante
Passeio de elefante
O Michael com o seu elefante
O Michael com o seu elefante
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Pali em Polonnaruwa
Pali em Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
A escrita Srilense
A escrita Srilense
Michael com o Buddha em Polonnaruwa
Michael com o Buddha em Polonnaruwa
Estátua em Polonnaruwa
Estátua em Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Estátuas de Buddha em Polonnaruwa
Estátuas de Buddha em Polonnaruwa
O Michael em Polonnaruwa
O Michael em Polonnaruwa
Templo em Polonnaruwa
Templo em Polonnaruwa
O Buddha deitano em Polonnaruwa
O Buddha deitano em Polonnaruwa
O Buddha deitado em Polonnaruwa
O Buddha deitado em Polonnaruwa
Polonnaruwa
Polonnaruwa
Sigiriya Rock
Sigiriya Rock
O Buddha sentado em Polonnaruwa
O Buddha sentado em Polonnaruwa
The Buddha
The Buddha
Um ninho de formigas
Um ninho de formigas
Formigas
Formigas
Panorâmica por trás do Amaya Lak…
Panorâmica por trás do Amaya La…
O Hugo no seu descanço
O Hugo no seu descanço
No Parque Nacional de Minneriya
No Parque Nacional de Minneriya
Os elefantes no Parque Nacional de…
Os elefantes no Parque Nacional d…
Os elefantes no Parque Nacional de…
Os elefantes no Parque Nacional d…
A andar de Jeep no Parque Nacional…
A andar de Jeep no Parque Naciona…
Um pavão no Parque Nacional de Mi…
Um pavão no Parque Nacional de M…
Dumbulla
photo by: Yasuo