Enquanto algums dormiam...

Colombo Travel Blog

 › entry 12 of 23 › view all entries
Pinnewela Elephant Orphanage

Enquanto alguns dormiam (ou tentavam) o sono dos justos na ligação aérea Bombaim-Colombo, 3 dos nossos ainda penavam na Índia. Segundo as nossas especulações, estariam à procura de hotel para passar a noite na cidade tropical e voltariam de manhã para resolver o seu imbróglio com a Sri Lankan Airlines. A verdade era outra. Continuando a sua saga no aeroporto, o Miguel apercebeu-se de que dificilmente iria reaver o dinheiro da companhia e assim como assim, não quereria dar mais dinheiro àqueles chulos. Pouco depois percebeu que havia voos mais bem mais cedo e mais baratos por outras companhias. Assim sendo, tratou de tudo e vieram por uma low cost manhosa de aviões a cair aos pedaços via uma outra cidade indiana que eles depois têm de dizer qual (vou agora ver à net para ver se recordo – aposto em Chennai) num voo que acabou por chegar a Colombo pelas 12h (segundo me lembro).

Entretanto, os 6 da vida airada chegaram com sono a Colombo. Depois das formalidades habituais, as boas surpresas. Um país com aspecto limpo, estradas alcatroadas e coroas de flores para nos receber. Isto sim é ser um lorde britânico: P

O nosso motorista era o Sr. Pereira. O tipo que o acompanhava (a quem normalmente chamamos guia) tinha um nome mais esquisito mas revelou-nos que em cingalês sapato se dizia sapato. Nunca mais vou esquecer informação tão preciosa.

Às 8 da manhã partimos directos para o orfanato dos elefantes em Pinnawala. Pelo caminho parámos num restaurante com uma arquitectura típica de casa colonial nos trópicos – tecto de colmo com varandas enormes, se é que se pode chamar varandas àquilo. O primeiro pequeno-almoço cingalês correu muito bem, a comida era boa e abundante embora não muito diversificada. O passeio de carrinha decorria bem, o sono é que se apoderava de nós pelo que a paisagem teria de ficar para outra altura – vegetação luxuriante, temperatura não muito elevada e sol o tempo todo – a esse nível esta parte da viagem prometia. Claro que nos trópicos uma temperatura de 30º se parece com quase 40º como rapidamente nos apercebemos (outra vez!)

Depois de alguns check-points (afinal a guerra estava mesmo a acontecer, embora nós nunca nos tivéssemos realmente apercebido da dimensão da coisa) e de uma viagem de cerca de 2 horas e meia, chegamos ao orfanato de elefantes. É um sítio simples, sem muito para ver a não ser elefantes indianos de vários portes. Dar um biberão a elefantes pequenos custa uma bela gorja à Sandra. Começa aqui a época da caça às gorjas de rupias cingalesas. A parte realmente interessante do orfanato é a ida ao banho dos elefantes. Os elefantes vão em grupo (manada?) até ao rio mais próximo e ali se espojam e brincam. É um momento descontraído que vale a pena. O trio que vem atrás (Rosário, Carla e Miguel) vai aproveitar este momento em que os elefantes relaxam para relaxarem também e deixam-se seduzir por promessas de massagens divinais. Se foram ou não divinais, isso já não sei, não estava lá. Não devem ter sido muito porque não me lembro de eles comentarem todos felizes. Nunca mais me esqueci foi do comentário do Mike às massagens em Zhuai. As senhoras das massagens, escarravam enquanto conversavam umas com as outras. Também se riam muito dos pelos dos homens.

Voltando à vaca fria, o banho dos elefantes aconteceu e a malta desfaleceu… com o calor. Mais ou menos. Voltámos para a carrinha para um merecido curto descanso no nosso hotel. Or should i say, resort?

Pela frente ainda um caminho de 2 horas, a cerca de 35km/h. Este pormenor é importante, nós já não estamos habituados ao passo de caracol. Mas porquê toda esta azáfama na Europa, trabalho para fazer que afinal não parece ter qualquer importância mas que nos faz ver os tostões a cair na conta? Não sei, lá pelas bandas cingalesas, tudo tem duas velocidades: devagar ou parado. E esqueçam de dizer que é igual no Alentejo porque não é, não tem nada a ver.

por Daniel Mota

Join TravBuddy to leave comments, meet new friends and share travel tips!
Pinnewela Elephant Orphanage
Pinnewela Elephant Orphanage
Pinnewela Elephant Orphanage
Pinnewela Elephant Orphanage
A Sandra a alimentar um baby elefa…
A Sandra a alimentar um baby elef…
O Michael com os elefantes
O Michael com os elefantes
Pinnewela Elephant Orphanage
Pinnewela Elephant Orphanage
A lavar elefantes no Pinnewela Ele…
A lavar elefantes no Pinnewela El…
No Pinnewela Elephant Orphanage
No Pinnewela Elephant Orphanage
Estavamos todos rotos!
Estavamos todos rotos!
Colombo
photo by: wanderingluster