AsiaChinaZhuhai

Zhuhai

Zhuhai Travel Blog

 › entry 6 of 12 › view all entries

Acordamos logo pela manhã, fazemos check-out do Hotel Sintra e pedimos para guardarem as nossas malas no Hotel.

Seguimos para Zhuhai, Meca das compras. A burocracia é enorme mas conseguimos finalmente entrar depois de preencher vários documentos. À entrada deparamo-nos com centenas de Chineses. Há chineses por todo o lado. A cidade parece um pouco degradada mas não estamos aqui propriamente para contemplar a beleza. Viemos com um único objectivo: Fazer Compras!!! Logo à entrada encontra-se o nosso destino…. um Centro Comercial subterrâneo. Imaginem um China Town em qualquer parte do mundo, mas maior e dentro de um centro comercial. Aqui vende-se te tudo. Os chineses não nos percebem apesar de insistirem em falar connosco em chinês.

Aqui precisamos de saber apenas algumas palavras em ingles: too expensive, over there cheaper, lower price.

Combinamos uma hora para nos encontrarmos e vamos à luta. Negociar aqui é como negociar num Bazar em Istambul ou Marraquexe. Temos de regatear e quem vende espera por isso. Os comerciantes propõem 500 Renminbis por uma mala e chegam a descer até aos 150.

Depois de muitas compras aproveitamos para fazer umas belas massagens aos pés. Dentro do Centro Comercial encontramos um “spa”. Entramos numa das salas repleta de sofás com chinêses sentados e deitados com os pés a serem massajados. Sento-me ao lado da Rute e pedimos duas massagistas. Eles tentam perguntar se queremos massagistas homens ou mulheres mas pensamos que estão a perguntar se somos 1 homem e 1 mulher :).

Finalmente percebemos e pedimos 2 mulheres.

Á medida que vão massajando os nossos pés vão conversando e olhando para nós. Começam a falar connosco em chinês como se fosse normal percebermos. Tentamos explicar em Inglês que não percebemos nada daquilo que elas estão a dizer mas elas insistem e continuam a falar. Percebemos por alguns gestos que estão intrigadas com o cabelo da Rute e com os cabelos das minhas pernas. A minha massagista pergunta se também tenho pelos no peito e ficam intrigadas. Perguntam a quantidade de pessoas que fazem parte do nosso grupo de turistas e eu digo que somos 6 em inglês e demonstro a quantidade com os dedos das mãos. Ela responde levantando a mão e esticando o polegar e o dedo mindinho. Pensamos que quer dizer “cool” em chinês como é no Ocidente mas depois percebemos que é a maneira dos chineses dizerem seis.

Conversa puxa conversa e no meio da massagem a minha massagista manda uma grande escarreta para o chão com a mesma naturalidade que fala para a colega. Era a cereja em cima do bolo que faltava antes de regressarmos a Macau.

Abandonamos Zhuhai, voltamos para Macau e vamos jantar no restaurante Português “O Galo” onde por coincidência conhecemos um amigo do Abrantes que foi nosso colega no ISCSP e está em Macau a fazer investigação pela Fundação do Oriente. Regressamos ao Hotel para levantarmos as nossas malas e seguimos para o Aeroporto Internacional de Macau para apanhar o voo das 02:45 para Kuala Lumpur.

Join TravBuddy to leave comments, meet new friends and share travel tips!
Zhuhai
photo by: Advoc8